Exteriorizar o que se tem

10.5.17


Desde os pequenos gestos até as grandes ações, há manifestações de diversas origens energéticas, em infinitas faixas vibracionais.

Ao menor gesto de gentileza, imprime-se uma sutil manifestação na matéria, alcançando um coração já cansado das lutas na pesada crosta. Este então se revigora, nem que seja por breves instantes, mas o suficiente para que uma necessária ação positiva seja executada.

É bom lembrar que o mundo espiritual está tão ligado ao nosso, que somos incapazes de listar tamanha interação.

Por isso é crucial mantermos nosso equilíbrio, buscando harmonizar com saudáveis atos, inclusive o da fala. Parece que as pessoas estão deixando de ligar a língua ao cérebro e saem despejando impropérios de baixíssima condição moral. E aqui uma observação. Rede social é uma ferramenta que potencializa a visualização de tal ocorrência. Mas não é o fato gerador.

Isto existe desde muito antes da descoberta da World Wide Web. Popularmente conhecida como internet.

O caminho evolutivo já nos fez passar por experiências das mais diferentes, tanto que caso nos fosse dado a oportunidade de saber, negaríamos em quase sua totalidade a passagem por tais fatos, já registrados em nossa bagagem espiritual.

A inteligência superior nos coloca sempre em recomeços, oportunizando estágios em um mundo propício, em um país propício, numa cidade propícia e num lar propício para nossa transformação.

Não é fácil entender muita coisa ainda e em boa parte, pela incapacidade de nos posicionarmos na condição do próximo. Talvez seja está uma das, senão a lição mais urgente no mundo.

Convite feito

Quando isto começar a se instalar no coração do homem, muita coisa mesmo, irá mudar para melhor.

O convite é para que todos busquem exercitar um pouco mais a empatia. Ao fazermos isso, vamos verificar pontos de egoísmo no mundo com maior facilidade. Isso pode até nos fazer sofrer um pouco mais num primeiro momento. Mas passa.

Nós ficaremos mais fortes e preparados para uma felicidade da qual jamais sonhamos, pois saberemos que tudo pode mudar, como nós mesmo mudamos.

Cada vez mais exteriorizado o amor estará.


Paz.


Você poderá gostar também

0 comentários

Comunidade no Facebook

Unalome no Google Plus