Poesia - Incluo-me

23.4.17


Não há como definir
fronteira na natureza
Incluo-me
quanto mais
me puseres

em separado.


Você poderá gostar também

0 comentários

Comunidade no Facebook

Unalome no Google Plus